Sobre a necessidade de silenciar a mente

30/05/2007

Nos últimos tempos durmo e acordo com a mente cansada, dor de cabeça. Pensando em mil coisas que preciso fazer, resolver. De fato, isso provoca um cansaço mental quase que insuportável porque afeta o meu nível de tolerância para fazer as coisas mais simples. E assim para silenciar a mente, às vezes recorro ao álcool, um método de entorpecer a mente e fugir da realidade. De fato uma boa dose de whisky depois de um dia de trabalho difícil ajuda a relaxar, mas é apenas um paliativo, porque não resolve o problema.  Muitas vezes troquei o cansaço mental por uma boa ressaca, fato esse que ajudou a mente a dar uma pausa em seus delírios e preocupações intermitentes.

Mas estou sentindo falta de muita coisa que eu fazia há algum tempo. E que negligenciei não sei bem o motivo. Costumava frequentar meditações às segundas-feiras, tinha um bom grupo de amigos na igreja, interessados em assuntos etéreos, mediúnicos, espíritas e com supostos objetivos nobres. Sim supostos. Lamentavelmente vejo que perdi grande parte da afinidade que eu tinha com essas pessoas. E atualmente sigo só o meu caminho. Não sei bem se fui eu que mudei ou foram eles, mas não me sinto mais tão à vontade indo lá. Pelo contrário, penso em mil coisas… Que religião é diferente  de religiosidade (ainda acredito naquilo que sempre segui e extraio lições diárias dessa vivência, ou seja, ainda sigo os mesmos ensinamentos e algumas práticas, todas claro ligadas a minha vida pessoal, talvez atitude egoísta da minha parte), que toda vez que eu vou reencontrá-los meu lado crítico vê mil coisas com as quais eu não concordo, ou pelo menos acho uma contradição de atitudes diante daquilo que nos foi ensinado. Enfim, como crítica final e, espero que um dia bem compreendida (afinal vivemos num país com liberdade de expressão) vejo aquele lugar e aquelas pessoas apoiando-se umas nas outras, buscando resolver ou aliviar seus próprios problemas tentando se agarrar a um fiozinho da ”corda de salvação espiritual”. Ah, e antes que me perguntem, não sou evangélica e este post não tem nada a ver com essa religião. Perdi amigos, sigo meu caminho sozinha e agradeço todos os dias por tudo o que tenho, que por sinal só tem evoluído a cada dia. De uns tempos pra cá minha vida deu um salto evolutivo significativo. Consegui atingir vários objetivos importantes. Mudei de emprego, aumentei minha qualidade de vida, estou me livrando das dívidas e do consumismo exacerbado, possuo plena consciência de quem sou e de onde sou capaz de chegar. Possuo planos a médio e longo prazo, sei para onde pretendo ir… coisa que nunca soube ao certo como seria… meu futuro.

Aos amigos que por ventura leiam isso aqui, não entendam mal esta crítica e me perdoem por não trilhar o mesmo caminho que vocês. O ser humano e sua mente são dois tagarelas que não suportam ficar calados… e é bem provável que eu tenha falado demais hoje e sempre e, justamente por isso possa ser mal interpretada.

Quanto ao meu problema de falta de concentração, excesso de tarefas e mente cansada, pretendo sanar isso unicamente com meditação e johrei científico. Ficar calada, traçar um caminho solitário, nem sempre significa ser infeliz, pelo contrário, fora esse pequeno probleminha de percurso estou muito satisfeita com a minha vida.

Qualquer dia escrevo mais sobre johrei científico. Estou morrendo de saudades daquela paz interior que só essa terapia proporciona.

Bom dia a todos.

One Response to “Sobre a necessidade de silenciar a mente”

  1. marcia Says:

    eu a pouco tempo tive minha oitava crise bipolar sai da crize ma\s sinto minha mente muito cansada as vezes sai fora de conecçao sem sentido algum e horrivel como se estivesse morrendo sinto falta algo pra preencher o espaço mas nao sei o que fazer


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: