No limite do cansaço…

20/12/2007

 “O que vale no ser humano é a sua capacidade de insatisfação.”

José Ortega y Garret

Esta é praticamente a última semana útil dezembro… Nos próximos dias, o natal e o ano novo reduzem as semanas do ano há ”pequenas semanas de 3 dias úteis”.  A impressão que eu tive é que as pessoas agem como se o mundo fosse acabar, mas é apenas mais um ano que se vai… e depois a gente começa tudo de novo.  Estou muito cansada, trabalhei muito e simplesmente a inspiração para escrever alguma coisa legal sumiu. E insatisfeita como sempre fui (já fui bem pior) questionei acontecimentos injustos, me aborreci com algumas coisas, fiquei feliz, fiquei triste, corri e me senti muito, mas muito cansada.

E é nessas horas que qualquer pessoa adoraria ter a compreensão máxima e absoluta dos seus entes queridos. Alguém com quem eu pudesse conversar e contar as coisas que acontecem no meu trabalho, o que eu gostaria de mudar, como as pessoas deveriam se portar em certas situações, etc. Mas há tempos eu não tenho ninguém para conversar. E cá estou eu cada vez mais reclusa, mais cansada e mais chata…

Não comprei nenhuma lembracinha de natal para ninguém. Não deu tempo. Me arrependi por não ter providenciado algumas lembrancinhas estratégicas para pessoas a quem eu devia algum agradecimento. Deveria providenciar também para as pessoas que amo. Mas não rolou. Me senti um fracasso nas relações sociais. Me sinto um fracasso como esposa (por ser egoísta demais para ceder e compreender) e como mulher também. Senti também um fracasso humano na minha vida profissional e na minha vida financeira.  Enfim, a insatisfação é que move as pessoas para um lugar melhor… o nível de exigência aumenta e você precisa ser melhor. O importante é pensar positivo… as coisas vão melhorar.

2 Responses to “No limite do cansaço…”

  1. giovanni Says:

    odeio esse efeito do final de ano. se não tivesse essa época, era só continuar em frente, sacodir a poeria, arrumar algumas coisas ali e aqui e boa. mas não, tem o fim de ano com essas semanas inúteis pra gente pensar em todas as coisas ruins e ficar deprimido. e pensar nas coisas boas que passaram e que não temos mais, e ficar deprimido.

    me desculpe pelo comentário pra baixo mas tá dificil de aguentar essa época. parece que depois do dia 1 tem um buraco com um dragão lá embaixo que vai engolir a gente. dali pra frente parece tudo nublado.

    e o pior é que, ir na contra-mão e não pensar em nada, não fazer plano nenhum, nada, também não vai ajudar. no máximo vai ficar tudo a mesma coisa como sempre. saber isso é o que mata.

    como já dizia uma amiga, o que vier é melhor do que já veio. tô me esforçando para acreditar. duro é saber que a fé é a primeira que morre.

    bjo. giovanni.

  2. Diego Says:

    Eita efeito fim de ano… parace que o mundo vai acabar, fica todo mundo pirado mesmo.

    bjao


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: